Processos criativos: Mestrado de Artes Plásticas Universidade do Porto.

Work in progress.
Fotografia, vídeo e poesia.
Sobre a dualidade de viver neste mundo.A busca pela verdade. O que real? Será que o que vemos é genuíno? Ou somos manipulados a ver uma realidade baseada em interesses individuais? Indagações que trazem decepção e luz. Contrapontos que permeiam entre o desconforto e a delicadeza.


O projeto fotográfico idealizado para disciplina no mestrado em artes plásticas na FBAUP.

A partir de um elemento aleatório, a quantidade de paradas de metro entre a minha casa e a praia de Matosinhos, cheguei ao número 16. Com base neste algoritmo, foram realizadas 16 fotografias, com abertura de diafragma f.16 e com intervalo de 16 passos entre cada clique, totalizando assim 256 passos, título deste projeto. As 16 fotografias foram sobrepostas para criar uma composição única, questionando a passagem do tempo e espaço. Foram utilizados apenas múltiplos e divisores de 16 para gerar a opacidade de cada fotografia na criação da composição final, sendo assim, as imagens apresentam as seguintes porcentagens de opacidades 48%, 32%, 16% e 8%.