Série Ser(á)? – Projeto em Andamento

SÉRIE SER(Á)?

 

Será que estou desaparecendo?  Me tornando invisível?  Ou somente anestesiada por este mundo de valores invertidos?

Será que estou ficando cega diante de tantas falsas verdades? Ou apenas me acostumando a ver o mundo através deste véu de ilusões?

Será que ainda estou aqui? Respirando? Viva?

Como silenciar a dualidade da mente para não viver em desamor?

Como apenas existir? Sim, existir, em seu significado mais puro e profundo.

Como despertar e realmente abrir os olhos?

Será que para enxergar preciso, primeiro, fechar os olhos?

Desconstruir para poder expandir?

Sentir dor para, enfim, sentir amor?

Será o amor, com toda sua simplicidade e complexidade, a resposta para tantas perguntas?

Será?


Série sobre reflexões pessoais e questionamentos sobre a dualidade de viver neste mundo. A busca pela verdade. O que real? Será que o que vemos é genuíno? Ou somos manipulados a ver uma realidade baseada em interesses individuais? Indagações que trazem decepção e luz. Contrapontos que permeiam entre o desconforto e a delicadeza, entre busca e encontros.

Fotografia, vídeo e poesia.

Cada fotografia apresenta edição de 10 cópias. As intervenções são feitas manualmente, uma a uma, por isso apesar de similares cada obra será única.

A fotografia Impermanência terá uma intervenção diferente em cada edição.

Projeto em andamento.

Luta, fuga e entrega.

Após a luta inicial, o olho não resiste, parece estar entregue ao ato.

Um olhar sem esperanças, como se estivesse desiludido.

Uma verdade que dói? Lutamos para aceitar a verdade que permeia por entre o mundo dos homens?

Quem fere? Quem é ferido?

As intervenções em linhas de algodão vermelho ainda são testes.